Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > IFSul tem trabalhos premiados na 30ª Mostratec
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IFSul tem trabalhos premiados na 30ª Mostratec

Evento, de abrangência internacional, é uma das maiores feiras educativas do país

  • Escrito por Coordenadoria de Comunicação Social
  • Publicado: Quinta, 05 de Novembro de 2015, 12h17
  • Última atualização em Sexta, 06 de Novembro de 2015, 12h11
  • Acessos: 132

 

As pesquisas desenvolvidas no IFSul ganham cada vez mais reconhecimento fora dos limites do instituto. Prova disso foi a presença em massa de trabalhos realizados pela instituição na 30ª Mostratec, uma grande feira internacional de ciência e tecnologia realizada anualmente em Novo Hamburgo. Foram seis campi participantes – Camaquã, Charqueadas, Sapiranga, Pelotas, Sapucaia do Sul e Venâncio Aires – e diversos prêmios conquistados pelo instituto no evento internacional, ocorrido entre 26 e 30 de outubro. Confira, no final da matéria, a lista dos trabalhos do IFSul apresentados e premiados no evento.

Com dez trabalhos finalistas e quatro projetos premiados, a participação de alunos e docentes do campus Charqueadas na Mostratec foi considerada uma experiência enriquecedora para a unidade. A diretora Luciana Neves Loponte ressalta que levar essas pesquisas para o evento consolida o trabalho realizado no campus. “A participação de nossos alunos em eventos desta natureza oportuniza um aprendizado diferenciado, sendo uma experiência enriquecedora para as suas formações e para as suas vidas em um evento que oportuniza a convivência com outros alunos, inclusive de outros países”. Luciana destaca ainda a importância do processo que culmina na seleção dos trabalhos para o evento. Ela lembra, por exemplo, que a participação na Mostratec é resultado da realização da Mocitec, evento organizado pelo campus e que garante aos alunos oito passaportes para o evento internacional.

Tendo levado à mostra dois trabalhos desenvolvidos por seus alunos, o campus Camaquã participou da Mostratec com o objetivo de contribuir com a formação de um sujeito crítico e consciente de seu papel na sociedade. De acordo com a diretora do campus, Cátia Mirela Barcelos, “mediante a realização de projetos e a participação em eventos deste porte, estamos auxiliando os estudantes na difícil tarefa de transformar o conhecimento obtido em sala de aula em uma prática ordenada, logicamente encadeada e significativa”.

Para o campus Sapiranga, os resultados da pesquisa premiada na Mostratec já serão aplicados nas próprias atividades acadêmicas. Com o projeto, as placas de circuito impresso utilizadas nas atividades de ensino e pesquisa serão impressas utilizando o sistema desenvolvido pela equipe premiada no evento. Para o diretor José Itturriet, “a participação nessa mostra internacional propicia enorme possibilidade de troca de conhecimentos e de experiência de vida”. Itturriet acrescenta também que a visibilidade alcançada no evento contribui para o andamento da pesquisa, pois divulga o projeto dentro e fora do IFSul.

Destacando o tamanho e o alcance da Feira em termos internacionais, o diretor do campus Venâncio Aires, Cristian Oliveira da Conceição, ressalta a importância da participação do instituto no evento, tanto para competir quanto para divulgar suas pesquisas. Segundo ele, ainda que os resultados obtidos na Mostratec tenham sido positivos para o campus – quatro projetos foram apresentados, sendo dois deles premiados -, o grande saldo da participação foi a experiência obtida pelos estudantes. “Para a maioria dos alunos é o primeiro contato com o ambiente internacional, com adolescentes de outros países, e com outras línguas. Para um instituto que quer crescer e se internacionalizar, é fundamental a participação em feiras como essa”, salienta o diretor.

Cristian ainda complementa que o desenvolvimento dos projetos para a Feira, além de ser bom para a comunidade e para o currículo dos estudantes, também proporciona muitas possibilidades, como a ida dos estudantes para outros países e a participação em outras feiras. Além disso, o diretor destaca a possibilidade de, por meio desses projetos, colocar em prática a real função dos institutos federais: desenvolver trabalhos com aplicabilidade. “Não trabalhamos apenas com uma grande quantidade de dados, mas objetivamos a aplicação dos mesmos”, conclui ele.

Na avaliação da diretora de Pesquisa e Extensão do campus Pelotas, Érica Martins, é de extrema importância para a formação dos alunos que sejam disponibilizadas a eles oportunidades como essas. O campus  tradicionalmente participa da Mostratec, sendo, para muitos alunos, o momento mais especial do desenvolvimento dos projetos, uma vez que a feira congrega destaques de várias instituições e áreas do conhecimento. Érica ainda destaca que os projetos apresentados nesta edição vem ao encontro de necessidades reais da sociedade, o que demonstra como a iniciação científica pode contribuir nesse sentido. 

 

Mostratec

Com 376 projetos de pesquisa participantes, a Mostratec, um dos principais eventos educacionais do país, reuniu trabalhos de diferentes áreas do conhecimento realizados por jovens cientistas do ensino médio e da educação profissional de nível técnico. A Feira promove integração entre as instituições de ensino e o meio empresarial, possibilitando o desenvolvimento, a aplicação e a divulgação de novas tecnologias.

 

Trabalhos apresentados pelo IFSul e prêmios conquistados:

 

Camaquã

Práticas de leitura na educação infantil

Professora Sandra S. Brito; autores: Letícia Jeske e Bianca Bergmann


Repilhando

Professora Marta H. Tessmann Bandeira; autores: Luanda Conrado e Bruna Silva

 

Charqueadas

A repercussão do deportamento de Olga Benário na imprensa brasileira

Professor: Charles Sidarta Machado Domingos; autores: Gabriela Hahn Francisco, Kimberlyn Vasconcelos Branco e Leopoldo Martins Leal da Silva

Prêmio: 2º lugar Ciências Sociais, Comportamento e Arte (projeto credenciado para Milset Esi Amlat – Mazatlan México)

 

Criando histórias: ferramenta para uso didático

Professores: Fábio Luís da Silva Santos e Iara Cecília Ribeiro; autores: Ariana Pereira Picolotto, Gabriella Selbach Staniecki e Juliana Mello Souza

Prêmio: 1º lugar Ciências da Computação (participação na Febrace 2016 em São Paulo)

 

SSA – Seguidor Solar Automatizado

Orientadores: Thiago Berticelli Ló e Ulisses Brisolara Corrêa

 

Smartleg – prótese transfemoral inteligente

Professores: Altamir Inácio dos Santos, Diego Afonso da Silva Lima e Thiago Berticelli Ló; autores: Alison Nunes de Lima, Arthur de Freitas e Precht e Leonardo Azzi Martins

 

Caixa assistiva de medicamentos – Camed

Professor: Luis Gustavo Fernandes dos Santos; autores: Diogo Goveia de Souza, Jackson Souza Dias e Luana de Souza Bitencourt

 

IPET – Adote online

Professor: Fábio Luis da Silva Santos; autores: Mayara de Souza Pimentel  e Thamires Sampaio

Prêmio: Prêmio São Judas Tadeu (uma bolsa de estudos)

 

4C Virtual – Rede social com auxílio a deficientes visuais

Professor: Tiago Baptista Noronha; autores: Luã de Souza Botelho Alves e Nicole Sprenger da Silva

Prêmio: Destaque Ciências da Computação (recebeu avaliação e premiação de instituições parceiras do evento)

 

O que é ser mulher: Simone de Beauvoir e o existencialismo

Professor: Samir Dessbesel Ferreira; autores: Amanda Costa dos Santos, Gabriela Pereira da Silva e Gabriele da Silva Moraes

 

AnLibras 2.0 aplicativo tradutor de Libras e ferramenta pedagógica sociocultural inclusiva

Professores: Iara Cecília da Rosa Ribeiro e Ulisses Brisolara Corrêa; autores: Eduarda Nascimento de Freitas e Julia Rosa Silveira

Prêmio: 4º lugar Ciências da Computação (credenciado para participar do evento Ciência Jovem, em Recife-PE)

 

Pelotas

Sistema de Gerenciamento e Controle de Energia

Professor: Rafael Galli; autores: Claus Rodrigues Tessmann, Samuel Caled Blaas Wachholz
 
 
Robô para transporte de cargas
 
Professor: Rafael Galli; autores: Thales Gonçalves Ferreira, Alexandre Thurow Bender, Vitor Gustavo Severo Pereira
 
Prêmio: trabalho contemplado com o Prêmio Pesquisador CNPq, que concede aos estudantes uma bolsa de iniciação científica júnior

 

Sapiranga

Desenvolvimento de um Sistema de Impressão para Placas de Circuito Impresso Utilizando uma Impresso Jato de Tinta Convencional

Professor: Marcos Giovane de Quevedo Rijo (orientador) e André Capellão de Paula e Daltro Ben Hur Ramos de Carvalho Filho (colaboradores); autor: Wesley dos Santos

Prêmio: Prêmio Intel Galileo de Inovação Tecnológica (aluno foi contemplado com um Intel Education Tablet)

 

Sapucaia do Sul

O Programa Mais Educação em escolas municipais de Sapucaia do Sul/RS pela percepção do
monitor

Professores: Guilherme Reichwald Jr. e Stefanie Merke Moreira; autores: Kauana de Oliveira Matos, Natália Floriano de Oliveira e Aila Bataioli da Luz

Prêmio: 4º lugar Ciências Sociais, Comportamento e Arte (credenciado para a Milset Expo Brasil)

 

VOX - uma plataforma Crowdsourcing para busca de pessoas desaparecidas e cadastro de moradores de rua

Professor: Rodrigo Remor Oliveira; autora: Priscila Francielle Knoop Silveira

Prêmio: 3º lugar Ciências da Computação (trabalho credenciado para a Fenecit 2016), Prêmio QI de Inovação (bolsa integral para cursar uma graduação)

 

Venâncio Aires

Educação Financeira e Fiscal: Necessidade Real na Sociedade Atual?

Professora: Eloisa Kolberg Theisen; autores: Dayane Schmidt, Laura de Souza, Marthyna Luiza Weber, Luana da Silva

 

Construindo um Olhar Sensível e Pensante Através da Fotografia Digital

Professora: Daiane Santiago Daniel; autores: Douglas Rodrigues Kist, Gabriela Fries Kist e Marthina Mohr Bender

 

Mandatário: construindo cidadania através da informação

Professor: Itamar Luís Hammes; autores: Felipe Haas, Vicente Loeblein Heinen e Ricardo Swarovsky Garim

Prêmio: 1º lugar Ciências Sociais; certificado de honra ao mérito, concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em reconhecimento às contribuições do projeto para a promoção da paz e do desenvolvimento humano; Prêmio "Executive Jovem do Futuro", concedido pela empresa Executive Viagens, que custeará as despesas do projeto na participação da Febrace 2016; classificação para a Expo Milset Brasil 2016, em Fortaleza-CE; classificação para a Febrace 2016, em São Paulo

 

Brincando e Aprendendo com Bob: o amigo do meio ambiente

Professores: Fábio Lorenzi (orientador) e Cristian Oliveira da Conceição (co-orientador); autoras: Munique Franco e Suélen Müller Mohr

Prêmio: 3º lugar Gerenciamento do Meio Ambiente (projeto credenciado para participar da Genius, em New York – EUA)

Fim do conteúdo da página